Allstars on Facebook

Regulamento

  • ART. 1º - DISPOSIÇÕES GERAIS

    1.    O Torneio Allstars é uma competição de futebol de 8 organizada pela Orange Purple, Lda.

    2.    O Torneio é composto por Campeonato, Taça e Liga dos Campeões (Champions Allstars), sucessivos e nos termos definidos nos artigos 4.º, 5.º e 6.º.

    3.    Cada torneio tem a duração de cerca de 6 meses e os jogos são disputados à noite, durante todos os dias da semana, com excepção à Sexta-Feira e ao Sábado.

    4.    A Organização disponibilizará o calendário de jogos no site do torneio, não sendo aceites pedidos de alteração de jogos com menos de uma semana de antecedência.
    5.    A Organização disponibiliza as bolas de jogo e, quando necessário, coletes.

    6.    Os jogos serão apitados por árbitros inscritos na Federação Portuguesa de Futebol ou na Associação de Futebol de Lisboa.

    7.    Em todos os jogos estará presente um membro da Organização.
    8.    A Organização disponibiliza seguro de saúde mediante o pagamento de 7€ por jogador. O seguro é válido desde a altura em que é recebido o pagamento do torneio e a ficha de inscrição e é válido até ao fim do torneio.

  • ART. 2º - INSCRIÇÕES DE EQUIPAS

    1.   Os interessados poderão inscrever a sua equipa atempadamente, mediante o preenchimento da Ficha de Inscrição e o pagamento de uma caução, cabendo à Organização a decisão de aceitação ou rejeição.

    2.   As equipas devem escolher um nome, sujeito à aprovação da Organização, e devem dispor de um equipamento principal e um alternativo com camisolas de cor uniforme.

    3.   No caso de ambas as equipas apresentarem equipamentos principais de cor semelhante, a equipa que joga Fora deverá levar o equipamento alternativo ou utilizar os coletes. As equipas poderão consultar o equipamento do seu adversário no site.

    4.   Cada equipa poderá inscrever entre 10 a 16 jogadores, e ainda um treinador. O treinador não conta como jogador inscrito. Não podem ser inscritos jogadores federados nas modalidades de futebol, futsal e futebol de praia.

    5.   Depois de confirmada a inscrição, cada equipa deve proceder ao pagamento do preço de inscrição, nos termos acordados com a Organização.

    6.   Em caso de atraso do pagamento, a Organização reserva em si o direito de aplicar determinadas sanções, que passam pelo impedimento da participação dos jogadores em falta no pagamento, a perda de pontos da equipa em causa, e, em último caso, a irradiação da equipa.

  • ART. 3º - INSCRIÇÃO/UTILIZAÇÃO DE JOGADORES

    1.   O prazo do primeiro período de inscrição de jogadores termina no fim da semana da 3.ª Jornada (23 horas de Sexta-feira). O segundo período de inscrições é compreendido entre o final da semana da 9.ª Jornada (13 horas de Sexta-feira) e o fim da 11.ª Jornada (23 horas de Sexta-feira).

    2.   Durante o período de inscrições, estas deverão ser enviadas até às 18 horas do dia do jogo. Caso o jogo esteja marcado para o fim de semana, as inscrições deverão ser enviadas até às 18 horas do dia útil anterior ao jogo.

    3.   Um jogador pode estar inscrito no máximo em duas equipas. Qualquer jogador que se encontre inscrito por uma equipa e deixe de fazer parte da mesma, não poderá ser novamente inscrito por essa mesma equipa.

    4.   Cada equipa pode inscrever até 4 jogadores que estejam inscritos também noutra equipa. Deste lote de 4 jogadores só poderão estar inscritos nas mesmas duas equipas dois jogadores. (Exemplo: Liverpussys e Skalzburgo só poderão ter 2 jogadores inscritos entre si. No entanto, quer os Liverpussys quer os Skalzburgo, poderão inscrever outros dois jogadores provenientes de outra(s) equipa (s)).

    5.   Se uma equipa atingir o número máximo de jogadores e pretender substituir algum deles fora do período de inscrições, só o poderá fazer com autorização expressa da Organização e nos termos definidos neste artigo.

    6.   Nas partidas referentes ao Campeonato, não obstante os números anteriores e para fazer face a situações excepcionais, poderão ser utilizados, no máximo, 2 jogadores não inscritos, desde que não estejam inscritos numa equipa da mesma divisão. O(s) jogador(es) em causa terão de ser identificados ao colaborador delegado ao jogo antes do início do mesmo.
    (Nas partidas de playout, é proibida a utilização de estrangeiros, salvo em caso de lesão do guarda-redes inscrito pela equipa. Nesse caso poderá usar um estrangeiro, que não pode estar inscrito em nenhuma equipa do torneio).

    7.  Nas partidas referentes à Taça e Champions Allstars, a utilização de um ou dois estrangeiros está limitada aos seguintes aspectos:
    A) Os estrangeiros não podem estar inscritos por nenhuma outra equipa do mesmo grupo (fase grupos da Taça)
    B) Os estrangeiros não podem estar inscritos por nenhuma outra equipa em prova na competição (Eliminatórias da Taça, Champions), até a equipa onde estão inscritos ser eliminada.
    C) Os estrangeiros não podem estar inscritos nas mesmas Divisões de qualquer uma das duas equipas intervenientes em jogo.
    [Exemplo: The Hammers (DA) x Soccerooos (B2) - nenhuma das duas equipas poderá jogar com estrangeiros que estejam inscritos quer na DA, quer na b2].

    8.   Não obstante o que foi referido nos pontos 6 e 7, se a Organização detectar alguma situação de abuso desta regra (utilização de jogadores não inscritos) poderá interceder sobre o jogador em causa, bem como a equipa que utiliza o jogador identificado em situação de abuso. (Exemplo: Um jogador jogar como estrangeiro, recorrentemente, em pelo menos duas equipas da mesma Liga). As sanções passarão pela suspensão do jogador de todo o torneio, ao impedimento de utilização de estrangeiros por parte da equipa que utiliza o jogador em incumprimento, podendo ser aplicadas outras sanções se os incumprimentos persistirem.

    9.   Se uma equipa se apresentar com 3 ou mais jogadores não inscritos, deverá junto do capitão da equipa adversária obter permissão para poder jogar. Nesta situação, a referida equipa só poderá utilizar um número máximo de 8 jogadores nesse jogo.

    10.  Se alguma equipa não cumprir as normas definidas neste artigo ser-lhe-á averbada uma derrota por 3x0, excepção feita aos pontos 2, 3 e 8 deste artigo.

    11.  O prazo para reclamação de irregularidades referidas nos pontos anteriores é compreendido por um período máximo de 7 dias. 

    12.  As situações acima referidas, poderão ser detectadas quer por um elemento da Organização, quer por qualquer um dos participantes no evento.

  • ART. 4º - CAMPEONATO

    1.  O Torneio é disputado em modo de Campeonato, a duas voltas, e é composto por 60 equipas, distribuídas por 6 divisões, constituídas desta forma:

    - Divisão Allstars (10 Equipas);

    - Liga A (10 Equipas);

    - Liga B1 e B2 (20 Equipas);

    - Liga C1 e C2 (20 Equipas); 

    2.   Os 2 últimos classificados da Divisão Allstars descem à Liga A e os 2 primeiros classificados da Liga A sobem à Divisão Allstars.

    3.   O 8.º classificado da Divisão Allstars e o 3.º classificado da Liga A disputarão um jogo de playout, com o vencedor a qualificar-se para a liga superior.

    4.   Os 3 últimos classificados da Liga A descem às Ligas B. O primeiro classificado de cada Liga B sobe à Liga A.

    5.   O 2ºclassificado da Liga B1 e o 2ºclassificado da Liga B2 disputarão um jogo de playout, com o vencedor a qualificar-se para a Liga A, e o vencido ficando na Liga B.

    6.   Os dois últimos classificados de cada Liga B descem à Liga C e os dois primeiros classificados das Ligas C sobem à Liga B.

    7.   O 8ºclassificado da Liga B1 e o 3ºclassificado da Liga C1 disputarão um jogo de playout, com o vencedor a qualificar-se para a liga superior.

    8.   O 8ºclassificado da Liga B2 e o 3ºclassificado da Liga C2 disputarão um jogo de playout, com o vencedor a qualificar-se para a liga superior.
    9.   Caso uma equipa não pretenda reinscrever-se e desista de transitar para o Torneio seguinte, não haverá lugar aos respectivos jogos de playout, com benefício para o 3.º classificado da Liga A, para o derrotado no eventual play-out das Ligas B, para o 3ºclassificado da Liga C com mais pontos, e para o terceiro classificado da Liga C com menos pontos.

    10.   Se desistirem 2 equipas nas divisões acima, é beneficiado o 4.º classificado da Liga A e o 8º da Liga A

    11. No jogo de playout, se o jogo terminar empatado, haverá lugar a um  prolongamento de 10 minutos, dividido em duas partes, e só depois, se necessário, haverá marcação de grandes penalidades.

    12. Fora dos casos acima previstos, a Organização reserva a si o direito de convidar qualquer equipa para ocupar a vaga da equipa desistente.

     

  • ART. 5º - TAÇA

    1.   A Taça é disputada num formato de grupos e de eliminatórias, a uma volta, e dividida em 15 grupos de 4 equipas (A a P) mediante sorteio com cabeças de série baseados no Ranking Allstars.
    2.   Os 2 primeiros classificados e os 2 melhores terceiros e todos os grupos qualificam-se para os 1/16 de Final.

    3.   O sorteio para a fase de eliminatórias levará em conta a classificação obtida na fase de grupos (cabeças-de-série). Terão esse estatuto, na 1ªEliminatória, os 15 primeiros classificados da fase de grupos e o 2ºmelhor classificado de todos os grupos.

    4.   Sem prejuízo do disposto no número seguinte, nos jogos da fase de eliminatórias, e no caso dos mesmos terminarem empatados, não haverá prolongamento mas somente marcação de grandes penalidades, com uma primeira série de três pontapés, e de apenas um daí por diante, até se apurar o vencedor.

    5.   Na final da Taça, se o jogo terminar empatado, haverá lugar a um prolongamento de 10 minutos dividido em duas partes e só depois, se necessário, haverá marcação de grandes penalidades.

     

  • ART. 6º - CHAMPIONS ALLSTARS

    1.   A) A Champions Allstars é uma competição disputada em modo de eliminatórias e é composta por 12 equipas. Qualificaram-se para esta competição as seguintes equipas (resultados obtidos na época anterior):

         - 3 primeiros classificados da Divisão Allstars;

         - vencedores das Ligas A, B+, B e C1 e C2;

         - 2ºclassificado da Liga A.

         - vencedor e finalista da Taça Allstars.

         - vencedor da Champions Allstars.

    2.   A selecção dos jogos será determinada segundo um quadro de eliminação directa, logo o ranking é o critério utilizado para o sorteio das equipas. As 4 equipas com melhor ranking serão os 4 primeiros cabeças de série (só se podendo assim enfrentar nas meias-finais). Os 2 primeiros do ranking ficaram em lado opostos do quadro e tem a qualificação directa para os 1/4 de Final, tal como o 3ºe o 4º.

    As restantes equipas disputam entre si os 1/8 Final da prova.

    3.   Na eventualidade da mesma ou das mesmas equipas se qualificarem através das várias competições, os critérios de qualificação serão os seguintes:

          - 4ºclassificado da Divisão Allstars;

          - semifinalista da Taça Allstars com melhor ranking;

          - semifinalista da Taça Allstars com pior ranking;

          - equipa com melhor ranking.

  • ART. 7º - TAÇA DISCIPLINA

    O Torneio compreenderá a Taça Disciplina, que visa fomentar o fair-play e respeito entre todos os participantes. Todas as equipas serão contabilizadas na tabela de disciplina, cuja classificação se fará por ordem crescente de pontos, sendo a pontuação fica definida da seguinte forma:

                - Cartão amarelo exibido – 1 ponto

                - Duplo amarelo exibido -2 pontos

                - Cartão vermelho directo exibido – 3 pontos

                - Por cada jogo de suspensão atribuído – 1 ponto.

                - Falta de comparência – 10 pontos

  • ART. 8º - IGUALDADE PONTUAL

    1. Em caso de igualdade pontual, para efeitos do disposto no artigo 4.º e 5º a classificação será decidida segundo os critérios e pela ordem seguintes:

    - Número de pontos obtidos e diferença de golos nos jogos entre as equipas em causa (confronto directo);

    - Melhor classificação na Taça Disciplina. (este critério não se aplica na Taça (artigo 5º);

    - Maior Goal difference;

    - Maior número de golos marcados;

    - Maior número de vitórias;

    - Moeda ao ar.

  • ART. 9º - REGRAS BÁSICAS DO JOGO

    1.   As regras a aplicar neste Torneio serão as mesmas do futebol de 11, com as necessárias adaptações, e sem prejuízo dos números seguintes.

    2.   Os jogos têm a duração total de 50 minutos, com um intervalo de cerca de 2 minutos.

    3.   Em caso de atraso de ambas as equipas, o tempo de jogo será reduzido na exacta medida do atraso.

    4.   Em caso de atraso superior a 10 minutos poderá ser averbada uma derrota por 3x0 à equipa em causa. Essa situação não acontecerá, se a equipa contrária concordar com a realização do jogo, contudo as equipas serão penalizadas na duração do jogo em tempo igual ao atraso verificado.

    5.   Em caso de confirmada falta de comparência, será averbada uma derrota por 3x0 à equipa em causa.

    6.   As faltas de comparências serão penalizadas da seguinte maneira:

          - 1ª Falta de Comparência - Sem penalização.

          - 2ª Falta de Comparência - a equipa em falta perde 2 pontos.

          - 3ª Falta de Comparência - a equipa em falta perderá todos os pontos, saindo do torneio, ou será substituída por uma outra (ponto 13).

    7.   No caso das faltas de comparência serem dadas nas últimas três jornadas as penalizações serão as seguintes:
          - 1ª Falta de Comparência - a equipa em falta começará a próxima época com 1 ponto negativo.

          - 2ª Falta de Comparência - a equipa em falta, independentemente da data da primeira falta, perde 2 pontos na presente época e começará a próxima época com 2 pontos negativos.

          - 3ª Falta de Comparência - a equipa em falta perderá todos os pontos, saindo do torneio, ou será substituída por uma outra (ponto 13).

    8.   As equipas têm que jogar com um mínimo de 5 jogadores, sendo que em caso de número inferior será averbada uma derrota por 3x0 à equipa em causa, ou manter-se-á o resultado do jogo se a diferença no marcador no momento em que a equipa fica com menos de 5 jogadores for igual ou superior a três golos.

    9.   Na marcação dos livres, a barreira ficará situada à distância de 7 metros.

    10.  O capitão de equipa terá de utilizar a braçadeira de capitão (cedida e devolvida à Organização em cada partida), e será o elemento privilegiado no contacto com o árbitro.

    11.  As substituições são ilimitadas e podem ocorrer com o jogo a decorrer, devendo o jogador que sai e o que entra realizá-la sempre junto da linha de meio-campo, do lado do banco de suplentes.

    12.  No banco de suplentes só é permitia a presença durante o jogo dos jogadores suplentes, do treinador e de jogadores inscritos na equipa que estejam indisponíveis para o jogo, sendo que todos eles são alvo de possíveis castigos caso o seu comportamento assim justifique.

    13. No caso de uma equipa desistir ou ser expulsa no decorrer do Torneio, nos termos constantes deste regulamento, uma das seguintes situações será aplicada por decisão da Organização, após ponderação:

          - A) a equipa em causa é substituída por uma outra, que assumirá os respectivos resultados e classificação da anterior;

          - B) todos os jogos realizados para o campeonato e taça, da volta ou fase correspondente à data da desistência ou expulsão (primeira ou segunda volta), serão considerados nulos (derrota por 3x0).

          No entanto, se esta situação ocorrer durante as últimas três jornadas, não serão anulados quaisquer jogos anteriores.

  • ART. 10º - DISCIPLINA

    1.   A Organização pretende que o Torneio seja caracterizado pelo Fair Play, salientando-se a inflexibilidade a nível disciplinar para com as agressões físicas e verbais.
    2.   São dadas instruções específicas aos árbitros para actuarem com severidade na aplicação das regras de jogo.
    3.   No caso de existirem infracções graves, o jogador em causa será expulso do torneio, sem prejuízo para a restante equipa.
    4.   Não obstante o número anterior, se o comportamento anti-desportivo for levado a cabo por toda a equipa, ou por grande parte dos seus jogadores, esta será expulsa do torneio.
    5.   Qualquer pessoa que interfira com o bom funcionamento dos jogos pode ser convidada a sair do recinto. Caso a situação se continue a verificar, o jogo pode ser interrompido, sendo que, em situações mais graves, a equipa em causa poderá inclusive perder o jogo por 3x0.
    6.   Para efeitos deste artigo, é aprovado o Código de Disciplina constante no artigo 10ºA).
  • ART. 10ºA - CÓDIGO DE DISCIPLINA

    1.     Qualquer jogador expulso durante o jogo, quer por acumulação de cartões amarelos, quer através de cartão vermelho directo, será punido automaticamente com um castigo de 1 jogo de suspensão, sem prejuízo dos números seguintes. Esta suspensão é válida no jogo imediatamente a seguir, independentemente da competição em causa.

    2.   Qualquer agressão física, ou tentativa de agressão, confirmada quer pelo árbitro de jogo, quer por um membro da Organização, será punida com castigo entre 1 a 6 jogos de suspensão, podendo o castigo ter atribuídos jogos em pena suspensa, que será efectiva em caso de reincidência por um período de 1 ano.

    3.   Qualquer ameaça verbal gravemente ofensiva, confirmada quer pelo árbitro de jogo, quer por um membro da Organização, será punida com um castigo de 1 a 4 jogos de suspensão, podendo o castigo ter atribuídos jogos em pena suspensa, que será efectiva em caso de reincidência por um período de 1 ano.

    4.   No caso do jogador castigado não estar inscrito pela equipa pela qual jogou, essa equipa não poderá utilizar jogadores não inscritos durante o período da suspensão.

    5.   Se um jogador não inscrito, estrangeiro, ou um jogador inscrito por uma ou duas equipas for expulso por conduta anti-desportiva (pontos 2 e 3), só poderá participar novamente no Torneio quando os respectivos castigos estiverem cumpridos.
    O jogador em causa será sancionado de duas formas:
    A - será castigado pela equipa na qual foi expulso;
    B - será castigado na equipa pela qual não foi expulso, e o número de jogos de castigo irá de metade à totalidade do número de jogos de castigo do primeiro caso (situação A).
    A Organização reserva-se no direito de analisar cada expulsão nestes termos, devendo avisar o jogador em causa.

    6.   Caso um jogador seja reincidente ou incorra numa agressão considerada como gravemente ofensiva, o castigado poderá ir além dos limites acima indicados, podendo mesmo ser irradiado do Torneio.

    7.   Os treinadores inscritos podem ser expulsos e estão sujeitos a castigos, a definir pela Organização mediante o que for reportado.

    8.   Se uma equipa utilizar um jogador suspenso, ser-lhe-á averbada uma derrota por 3x0.

    9.   A Organização reserva-se no direito de não aceitar a inscrição ou reinscrição de equipas e jogadores, que possam ameaçar o bom funcionamento do Torneio.

    10.   A Organização reserva-se no direito de irradiar equipas ou jogadores a qualquer momento, sempre que o comportamento o justifique, sem reembolso para a equipa ou jogadores em causa. 

  • ART. 11º - PRÉMIOS

    1.      A Organização atribuirá os seguintes prémios no final de cada torneio:

    - 1.900  ao 1.º classificado da DA;

    - 250  de desconto, em caso de reinscrição, para o 2º classificado da DA;

    - 600  + 500  em equipamentos desportivos para o 1.º classificado da Liga A;

    - 500  + 400  em equipamentos desportivos para o 1.º classificado da Liga B1; 

    - 500  + 400  em equipamentos desportivospara o 1.º classificado da Liga B2;

    - 600  em equipamentos desportivos para o 1.º classificado da Liga C1; 
    - 600  em equipamentos desportivos para o 1.º classificado da Liga C2; 
    - 500  + 500  em equipamentos desportivos para o vencedor da Taça Allstars;

    - 400  em dinheiro para o vencedor da Champions Allstars; 200 para o finalista e 150 em equipamentos desportivos para os semifinalistas.

    - 1 par de chuteiras para o melhor marcador de cada Liga. Em caso de empate vencerá o jogador com menos jogos realizados na Liga. Se subsistir o empate, será o jogador que for mais vezes nomeado para a equipa da semana. Se subsistir o empate vencerá o jogador cuja equipa ficou melhor classificada;

    2.   Os prémios referentes ao material desportivo devem ser reclamados por um período máximo de 3 meses. Caso contrário, a equipa perderá o direito de reclamar o referido prémio.

  • ART. 12º - DISPOSIÇÕES COMPLEMENTARES

    1.   Todos as informações respeitantes ao Torneio Allstars estão disponíveis através do site www.allstars.pt.

    2.   Casos omissos neste regulamento serão decididos pela Organização, ouvidos os interessados.