Allstars on Facebook

Notícia

VENCEDORES: Melhor Jogador do Mês de Outubro

Eis os vencedores das respetivas ligas no mês de outubro.


José Santos Alves (Ex on the Pitch): É o principal garanto de golos da sua formação e ao longo do mês de outubro foi uma das peças essenciais para os excelentes resultados alcançados. Depois de um começo de campeonato em que os pontos pareciam fugir e em que o Ex já estava a cair para zona vermelha, eis que deram a volta aos resultados e, com uma série de três vitórias consecutivas para o campeonato, conseguiram escalar na tabela estando agora a meio da classificação e à procura de se aproximar do pódio. O avançado terminou o mês com números impressionantes, algo que não conseguiria sem fulgor ofensivo dos restantes companheiros. No último mês, apontou uns impressionantes 12 golos e foi eleito como MVP por 3 ocasiões!

Rodrigo Cristóvão (Famaligato): Afirma-se cada vez mais como um dos melhores jogadores do Famaligato e os números falam por si. Num mês 100% vitorioso para a sua formação, Cristóvão esteve implacável e foi figura fulcral praticamente em todas as partidas. Rápido, forte e com um pontapé quase impossível de travar, o médio, mas que também atua muitas vezes na posição mais adiantada, está a ter uma temporada de sonho e será um dos grandes responsáveis pela previsível subida da sua equipa ao escalão máximo do torneio. Em outubro, apontou 10 golos e foi o melhor em campo por duas ocasiões!

Rodrigo Marques (Tottenham Hotspam): A formação inglesa está na sua segunda temporada no torneio e a fazer da Liga B1 um passeio. Líderes desde o inico da temporada, augura-se um futuro promissor, com a Liga A como destino e a muito provável vitória da competição. Rodrigo não atua como a referência mais ofensiva da sua formação, nem é a principal fonte de golos da equipa, mas não deixa de desempenhar um papel fulcral neste jovem e irreverente coletivo. Podendo atuar como defesa ou como médio, é preponderante nos equilíbrios do Tettonham, sendo forte na manobra defensiva, mas também importante a construir jogo. Ao longo do mês de outubro, fez o gosto ao pé por duas ocasiões e foi eleito como MVP outras tantas vezes.  

António Bettencourt (Flamentejo): Um verdadeiro líder e o principal responsável pela espetacular ascensão do Flamentejo nos últimos tempos. O capitão dos alentejanos tem estado em grande destaque e quando está em forma é um jogador quase impossível de travar. O Flamentejo terminou o mês a disputar o topo da liga B2 e Bettencourt é o grande motor deste feito. Implacável no um para um, tem sido a grande fonte de golos da sua equipa e, quando combina com um Daniel Pinto em forma, a frente de ataque do Flamentejo torna-se mágica. Está na luta pelo título de melhor marcador da liga e no mês de outubro apontou 6 golos e foi eleito MVP por duas ocasiões. 

Luís Viegas (SC Banana Magic): Foi um mês espetacular para a formação do Banana Magic. Vinha de uma série muito negativa, contando apenas com 3 pontos antes de outubro, mas teve um mês sem perder qualquer encontro e largou o último posto, tendo saltado para o meio da tabela classificativa. Parece ter começado a engrenar e muito se deve a este médio. É um dos motores da sua formação, estando sempre disponível para o jogo e com capacidade para conduzir o esférico na direção da baliza contrária. Quando tem oportunidade, não se coíbe de fazer o gosto ao pé e, no último mês, apontou três golos e somou 3 nomeações!

Manel Freitas e Costa (Tom Dela): É um dos maiores goleadores do torneio e são impressionantes os números que apresenta, mesmo jogando numa formação que está a meio da tabela classificativa. Fazendo uso da velocidade de ponta e do seu remate certeiro, o avançado do Tom Dela é o melhor marcador da liga C2 e com um avanço de mais de 10 golos para o segundo classificado! Ao longo do mês de outubro marcou por dez ocasiões e foi eleito uma vez como MVP!

Pedro Mello Vieira (Fiorenteta): A turma viola tem vindo a fazer um campeonato imaculado apesar de não ter aparecido como líder da competição durante a maior parte do tempo. Os italianos tiveram, e ainda têm, partidas em atraso e por isso parecem sempre estar no encalce do líder, no entanto, é inegável a impressionante campanha que estão a realizar. Até ao final do mês de outubro somaram apenas uma derrota e logo no primeiro jogo da época, tendo apenas sido eliminados da taça nas grandes penalidades e diante de uma formação do escalão máximo do torneio. Pedro Mello Vieira tem sido das grandes figuras da temporada e um dos principais motores para os bons resultados. É um avançado que oferece muito na construção ofensiva, tanto atuando como a referência mais adiantada da equipa, como aparecendo em zonas mais recuadas para vir buscar jogo e construir. Numa equipa que prima pela eficácia e não pela quantidade de golos, Vieira é peça essencial. Ao longo do mês de outubro apontou 3 golos e foi eleito como MVP por uma ocasião!

Gonçalo Silva (AAA CSJB): Em época de estreia do AAA CSJB no mundo Allstars, este polivalente jogador tem assumido as despesas e têm-se mostrado como o mais influente de todo o plantel. Podendo atuar em praticamente todas as posições do terreno, é sempre uma mais-valia e notabiliza-se também por ser o goleador de serviço. Rápido, inteligente e muito participativo em todos os momentos da construção ofensiva, é sem dúvida a figura maior da sua formação.

Em outubro, o AAA CSJB disputou quatro partidas, tendo vencido três delas e em todas essas Gonçalo foi eleito como o melhor jogador. Apontou ainda uns impressionantes 5 golos!

 

Miguel Aleixo (Arsenacol): Notabilizou-se pela sua eficácia e por levar a sua formação à vitória em todas as partidas no primeiro mês de competição. Outubro foi o mês em que arrancou o Grupo Y do Qualifying e Aleixo arrecadou o prémio de melhor jogador do mês à primeira oportunidade. Desde cedo se percebeu que será uma das principais referências ofensivas da sua formação e até desta competição. É um avançado difícil de travar, forte no um para um e com um pontapé certeiro que lhe serviu para apontar uns decisivos 4 golos! Ajudou a sua equipa manter-se no topo da tabela classificativa e foi ainda coroado com o MVP em duas das cinco partidas disputadas ao longo do mês.

por Henrique Zilhão