Allstars on Facebook

Jogo

Taça, 2022-11-27 às 21:00 @ Inatel

Nota do árbitro: 2

2 - 1

210101

MVP: Henrique Simões dos Reis

Heinakeres FC vs Fassuogolo

Sonho do triplete mantém-se aceso para os Heinakeres!

Num jogo em que voltaram a apanhar um susto no primeiro tempo, seria no segundo tempo que os neerlandeses conseguiriam voltar a virar a situação a seu favor, como havia acontecido no jogo em que conquistaram o título da Divisão Allstars. O Fassuogolo sai de cabeça levantada por ter jogado cara-a-cara com uma das melhores formações do torneio, mas com um sabor amargo após ver o sonho de chegar à final cair por terra.

Minutos iniciais extremamente enrolados, em que nenhuma equipa deixava o seu adversário jogar. Pouco tempo para pensar e executar devido às linhas subidas de ambos os lados. Ainda assim, seria o Fassuogolo a ter um início de sonho, com Lamy a aproveitar um atraso mal calculado pelo adversário para ficar com o esférico, e já só com o guardião pela frente fez uma finta de corpo que o deixou pregado ao relvado e atirou para o fundo da baliza escancarada! Animados com o golo deixaram imediatamente novo aviso, num canto cobrado para o segundo poste, onde surgiu Duarte Almeida a cabecear, mas por cima do alvo. Os Heinakeres iam tendo bastantes dificuldades em entrar no jogo, mas aos poucos iam começando a conseguir ter mais bola, ainda que os italianos afunilassem imediatamente o jogo assim que os neerlandeses entravam no seu meio-campo. O Fassuogolo ficaria muito perto de dilatar na sequência de um canto dos Heinakeres e que resultou num contra-ataque mortífero conduzido por Moreira, que fez um túnel a um adversário e já só com o guarda-redes pela frente atirou à baliza, mas Cristóvão fez uma mancha fantástica! Os Heinakeres conseguiram finalmente criar perigo com o primeiro tempo a terminar, primeiro num cabeceamento de Canadas (estrangeiro) ao lado do alvo e, em seguida, bola longa a descobrir Canadas, que de costas amorteceu para remate de primeira de Francisco Gil, mas Vasco (estrangeiro) estava atento e agarrou a dois tempos. Vantagem italiana ao intervalo.

Os Heinakeres entraram no segundo tempo com a conquista de alguns cantos, e num deles conseguiram mesmo chegar ao empate! Cruzamento de Rodrigo Santos para o coração da área, cabeceamento de Canadas a ser defendido por Vasco e na recarga surgiu Henrique Reis para o golo! Os Heinakeres ficaram extremamente galvanizados com o golo marcado e rapidamente fizeram a reviravolta: passe a rasgar para a velocidade de Zenha, antes que o ala chegasse à bola o guardião saiu para afastar, mas a bola ficou à mercê de Romão (estrangeiro), que rematou para o fundo da baliza aberta! Duro revés para o Fassuogolo, que parecia estar atordoado com os dois golos sofridos de rajada e Romão até podia ter bisado após fazer uma excelente rotura e receber passe longo de Justino, mas o remate do médio passou ao lado da baliza. O Fassuogolo não baixou os braços e num remate de Diogo Francisco a bola bateu no braço de um adversário e foi assinalada grande penalidade! Oportunidade de ouro para restabelecerem a igualdade, com Diogo Francisco a assumir a cobrança. O camisola 9 partiu para o esférico e rematou… ,mas Cristóvão defendeu, com a bola ainda a sobrar para a recarga, mas novamente sem sorte! Ainda com cerca de 10 minutos para jogar, muito podia acontecer. Justino voltou a colocar uma bola longa, desta feita para Zenha, que conduziu em velocidade e atirou para excelente defesa de Vasco. O tempo foi passando, os Heinakeres ainda ficaram reduzidos a 7 para os últimos minutos, mas o resultado já não iria sofrer qualquer alteração, confirmando-se a chegada dos neerlandeses à sua primeira final da Taça!

Com dois jogos por disputar na B2, o Fassuogolo procurará garantir o terceiro lugar e simultaneamente prepara a nova época, enquanto os Heinakeres poderão conquistar o triplete numa reedição da final da Champions, diante do Pornmouth!

por Henrique Barrosa