Allstars on Facebook

Jogo

Liga C2, 2021-11-22 às 22:00 @ Inatel

Nota do árbitro: 4

3 - 5

100000

MVP: Afonso Marcos

Lokomotiv vs Real Sodacoça

Jogo recheado de golos acaba com vitória espanhola por 3-5!

Na 1ªjornada da Liga C2, o Lokomotiv recebeu o Real Sodacoça. Foi uma partida muito mexida, com os russos a começarem na frente do marcador. No entanto os espanhóis souberam gerir o jogo e acabaram por vencer 3-5! Desta forma têm um começo forte, já os russos certamente ficaram com um sabor agridoce na boca…

A partida começou a todo o gás, e logo nos primeiros minutos o Lokomotiv inaugurou o marcador. Livre direto, descaído na direita, batido por Francisco Madeira. Bateu tenso e puxado ao primeiro poste, mas Joaquim (estrangeiro) estava atento e conseguiu a defesa, porém não agarrou e o esférico ficou perdido em terra de ninguém. Luís Silva foi o mais rápido a reagir, conseguindo rematar para o 1-0. Os espanhóis não se deixaram afetar, e nem 3min depois, repuseram a igualdade por intermédio de Afonso Marcos. Lançamento lateral longo de Tomás Avelar para o interior da área, os defesas foram muito passivos, e Afonso conseguiu cabecear sem oposição para o fundo das redes. A partida continuou a abrir, e antes dos 15min de jogo, o Real deu a reviravolta no resultado com golo de Falcão (estrangeiro). Recuperou a posse no corredor direito, progrediu até à área, tirou o adversário da frente e rematou cruzado, fazendo o esférico entrar junto ao poste esquerdo da baliza adversária. Até ao descanso, Falcão ainda meteu mais 2, primeiro a passe de Joaquim. Bola bombeada para o interior da área, conseguiu dominar e, mesmo sob pressão do defesa, rematou lá para dentro. Depois, com alguma sorte à mistura, só teve de encostar, após belo trabalho de Afonso na esquerda. 1-4 era o resultado ao intervalo.

Apesar do resultado, o Real voltou a entrar forte, e antes dos 10min do segundo tempo, fizeram o 1-5. Grande penalidade para Tomás Fontes converter. Rematou forte, mas não conseguiu enganar Paulo (estrangeiro), permitindo a defesa do guarda-redes. Infelizmente este não agarrou, e Guilherme Segismundo reagiu mais rápido que os adversários, encostando para o golo. Com o jogo resolvido o Real começou a relaxar, e ainda antes do apito final sofreu 2golos de rajada dos russos, ambos de Luís Martins. Primeiro a passe de Silva, para depois Martins encostar. Depois foi a pressão de Luca Vaz a forçar o erro defensivo, a bola sobrou para Martins que, na cara do golo, não vacilou e fechou o resultado final em 3-5.

por Pedro Zilhão