Allstars on Facebook

Jogo

Liga C1, 2021-11-21 às 21:00 @ São Miguel

Nota do árbitro: 4

1 - 0

000100

MVP: Henrique Ferreira

Intermeadas FC vs SuperTacos de Moscovo

Intermeadas vence SuperTacos pela margem mínima

Na entrada para a sua segunda época no torneio, o Intermeadas fez uso da sua experiência para bater o SuperTacos de Moscovo por 1-0. Os homens de Erik Knoef foram superiores, mas o golo da vitória apareceu apenas nos últimos minutos.

No regresso à competição, o Intermeadas iniciava a sua caminhada a receber os russos do SuperTacos de Moscovo. A equipa de preto soube organizar-se desde o início da partida e, como tal, teve mais iniciativa com bola. Porém, era preciso vigiar de perto o contra-golpe dos russos, que procuravam criar perigo aproveitando situações de descompensação. O primeiro lance da partida foi criado por Diogo Reis. O extremo fugiu pela esquerda e cruzou, como mandam os manuais, atrasado para o coração da área. Apareceu João Francisco a finalizar para uma bela defesa de Pacheco (estrangeiro). Depois de tentar pela esquerda, o Intermeadas tentou pela direita: cruzamento muito tenso de Miguel Gil (hoje como jogador de campo) a ultrapassar o guarda-redes e a deixar João Francisco com tudo para fazer o golo. Porém, o avançado não conseguiu desviar e perdeu-se uma boa ocasião de perigo. O Intermeadas não tirava o pé do acelerador e dispôs da sua melhor ocasião pouco depois do primeiro quarto do jogo: passe monumental de Tomás Figueiredo a descobrir Diogo Reis. Pacheco saiu para negar o golo ao extremo, mas cortou a bola para o meio do terreno, ficando à mercê de Fábio Guerreiro. Sem pensar duas vezes, o médio rematou de muito longe e só não celebrou o primeiro porque Vasco Gama conseguiu o corte in extremis! Ao intervalo, o placard assinalava 0-0 e o Intermeadas só se podia queixar de si mesmo.

Na segunda parte, o SuperTacos equilibrou o jogo e teve a primeira ocasião de perigo num livre de Kiko Mimoso. Acordados pelo aviso dos russos, o Intermeadas voltou a criar perigo. Já fugia em velocidade João Francisco, e Rodrigo Silva teve de agarrar o avançado para evitar o pior. Na sequência, o capitão Tiago Santos encarregou-se de cobrar o livre e atirou cruzado perto do poste direito. O jogo começava a partir, e Pedro Valente teve uma oportunidade fantástica para colocar a sua equipa em vantagem: Branquinho (estrangeiro) recuperou em zona privilegiada e entregou para Valente, mas o remate cruzado passou ao lado. Na resposta, Henrique Ferreira deixou um aviso do que estava para vir: belo entendimento com Tomás, e o avançado a rodar sobre o defesa mas a atirar à figura do guarda-redes. Logo a seguir, foi João Paulino a criar perigo. O médio foi descoberto por Fábio nas costas da defesa, mas não conseguiu concretizar. O jogo estava num ritmo frenético e o SuperTacos teve a sua melhor ocasião. Lance espetacular de Valente que, depois de tirar um defesa da frente, atirou fortíssimo contra o poste. O banco de suplentes desesperava depois de tamanha oportunidade. Mas como diz o ditado… quem não marca, sofre. João Paulino fez um passe de qualidade superior para Henrique, e o avançado – com grande categoria – simulou o remate para evitar um defesa e atirou para o 1-0! Era a loucura no São Miguel! O golo apareceu muito perto do fim do jogo, mas nem por isso Henrique deixou de tentar o bis. O avançado ficou perto do desvio vitorioso a passe de Fábio, mas não conseguiu fazer novamente o gosto ao pé.

O árbitro apitou assim para o final da partida, e foi o Intermeadas quem saciou a fome! Já o SuperTacos pode agora olhar para o que criou na partida e pensar em somar os primeiros pontos da época já na próxima jornada.

por Tiago Sequeira