Allstars on Facebook

Jogo

Liga D, 2020-02-12 às 21:00 @ Inatel

Nota do árbitro: 4

1 - 4

000000

MVP: Carlos Gameiro

MAE Team vs Invictus

Líder segue Invictus

Em jogo a contar para a 3ª jornada da Liga D, os Invictus venceram de forma confortável a MAE team, naquele que foi o terceiro triunfo em outras tantas partidas e continuam em fuga na liderança do campeonato.

Os Invictus entraram dominantes na partida, chegando com maior frequência junto da área adversária, e acabariam por inaugurar o marcador ainda dentro dos primeiros 10 minutos. Martim Portela bateu um canto largo à direita do ataque e João Santos adiantou a sua equipa com uma excelente execução a finalizar de primeira e sem deixar cair o esférico!
Ainda assim o jovem conjunto capitaneado por Sebastião Antunes reagiu bem ao golo sofrido e iria restabelecer o empate por intermédio do avançado José Saraiva, que se desmarcou pela direita da área e disparou cruzado fora do alcance do guarda-redes.
Com tudo a voltar à estaca zero, as equipas apresentaram-se um pouco mais cautelosas nesta fase, pelo que até ao intervalo foram poucos os momentos para poder alterar o rumo dos acontecimentos. João foi quem esteve mais perto de voltar a fazer abanar as redes com um pontapé de ressaca à entrada da área, que no entanto passou a rasar o poste.

Apesar do equilíbrio nos primeiros 25 minutos, o intervalo fez bem à equipa liderada por José Fagulha, que iria ser bastante superior no segundo tempo e desequilibrar a partida a seu favor. O triunfo começou a ser desenhado logo nos primeiros minutos da etapa complementar através do avançado Carlos Gameiro, que ganhou espaço à entrada da área e disparou rasteiro, forte e colocado, sem hipóteses para o guarda-redes Luíz Ferraz.
A equipa galvanizou-se e não tardou em ganhar uma margem mais confortável no marcador. Na sequência de uma recuperação em zona alta do terreno, Martim Portela surgiu isolado perante o guarda-redes e fez o que melhor sabe, inscrevendo o seu nome na lista de marcadores ao apontar o 1x3.
O jogo era de sentido único nesta fase e sem grande história, uma vez que apesar da enorme vontade a os jovens engenheiros não iam mostrando argumentos suficientes para reentrar na discussão da partida. Antes do final foram mesmo os Invictus a voltar a marcar, com Carlos a aproveitar uma sobra na área para bisar na partida e fixar o resultado final.

por Gonçalo Custódio