Allstars on Facebook

Jogo

Liga D, 2020-02-09 às 21:00 @ São Miguel

Nota do árbitro: 3

0 - 4

110000

MVP: Diogo Ferreira

Weeds United vs Al-Narhsas

A vitória do álcool sobre a erva

O Al-Narhsas deslocou-se ao terreno do Weeds United e derrotou a equipa da casa por claros 4-0, conquistando assim os primeiros três pontos da época.

O Al-Narhsas começou o jogo a atacar mais e dispôs de uma grande penalidade logo nos minutos iniciais mas Gonçalo Pereira atirou ao lado da baliza, para alívio do guarda-redes improvisado Barreiros. A equipa não se deixou ir abaixo com a grande penalidade falhada e continuou à procura do golo, partindo a jogar de trás de forma organizada e instalando-se no meio-campo adversário. O Weeds United jogava com o bloco mais baixo e estava coeso a defender, apostando no contra-ataque para tentar chegar ao golo.

O Al-Narhsas ia criando mais perigo junto da baliza do Weeds United mas faltava melhor discernimento na hora de rematar à baliza. Após alguns lances em que cheirou a golo, os sauditas voltaram a dispor de uma grande penalidade e desta vez não falharam. Miguel Pinto (estrangeiro) foi chamado a converter e fez a rede balançar, colocando o Al-Narhsas a vencer por 1-0.

Até ao intervalo, a equipa de Gonçalo Pereira foi controlando as operações e gerindo a vantagem, acabando até por dilatá-la por intermédio de Diogo Pereira, numa jogada de insistência do defesa do Al-Narhsas. Na ida para as cabines, o resultado era de 2-0 a favor dos sauditas, um resultado justo pelo que a equipa produziu nos primeiros 25 minutos.

 

Na segunda parte, o Al-Narhsas continuou a dominar mas revelou algum desacerto na finalização nos primeiros minutos e desperdiçou alguns lances em que podia ter marcado. Ao fim de alguns minutos, e perante a passividade do Weeds United, os sauditas aproveitaram para marcar mais um golo, desta vez na sequência de um canto. A bola foi centrada ao primeiro poste, Diogo Ferreira saltou com o guarda-redes adversário e com Francisco Ramos, e acabou por ser o defesa do Weeds a desviar para a própria baliza, num lance de algum infortúnio.

A perder por três golos de diferença, o Weed United estava algo desnorteado e sem conseguir pôr a bola no chão, falhando muitos passes na primeira zona de construção. O Al-Narhsas baixou a intensidade da pressão e baixou também as linhas, trocando mais a bola entre si com paciência e sem acelerar tanto o ritmo de jogo, até porque o adversário acabava por recorrer às bolas longas visto ter dificuldades em sair a jogar em posse.

Até ao final do jogo, o Al-Narhsas ainda voltou a marcar, desta vez por Diogo Ferreira, que fez assim o 4-0 final.

 

Vitória justa dos sauditas, que conquistam assim os primeiros pontos na Liga D. Boa exibição da equipa de Gonçalo Pereira, que não permitiu ao Weeds United jogar aquilo que sabe.

por Frederico Seruya