Allstars on Facebook

Jogo

Liga C1, 2023-12-10 às 21:00 @ São Miguel

Nota do árbitro: 5

0 - 0

      100200

      MVP: Gonçalo Trindade "Maguire"

      Parecequetamol vs Dynamo Boiev

      Pódio inalterado após nulo no São Miguel!

      Nem uma semana tinha passado do jogo do título diante do Frankfruta e o Parecequetamol tinha novo teste de fogo para a C1, desta feita diante do Dynamo Boiev. Fora da corrida ao título, estas eram as duas formações a lutar agora pelo segundo posto e a subida ao próximo escalão. Aos forasteiros só uma vitória interessava, pois seria a única forma de suplantarem os azuis e brancos.

      O árbitro fez soar o apito inicial e apesar da cautela demonstrada por ambas as formações, a primeira ocasião de perigo não demorou a surgir, com João Honório a receber orientado, ligeiramente descaído para a direita, e a arranjar espaço para um remate cruzado que obrigou Mimoso (estrangeiro) a ir ao tapete afastar o perigo. Depois de uma oportunidade madrugadora do Parecequetamol o jogo estabilizou, e nenhuma das formações conseguia chegar ao último terço com clareza. Com o pouco espaço que havia para jogar, ficava a ideia de que só uma eventual bola parada podia fazer a diferença neste momento do jogo e foi mesmo isso que ficou perto de acontecer num canto estudado em que Marcelo Vilarinho deixou atrasado para a chegada de Santiago Freitas, mas o remate rasteiro esbarrou num corte fulcral de Gonçalo Taborda! O Dyamo Boiev ripostou num lançamento longo para a área em que João Barbosa foi obrigado a socar para longe e João Vinagre estava à entrada da área para o pontapé de ressaca, que acabou por não dar com a baliza. O Dynamo tinha muitas opções no banco e a entrada de Afonso Silva fez a equipa crescer, a começar com um canto cobrado por Vinagre para o coração da área e com o médio a ganhar de cabeça, mas a rematar ao lado. Em seguida, nova ocasião criada por Afonso, que desta feita foi receber já em esforço à esquerda, fletiu para o centro e rematou com muito perigo ao lado da baliza. As oportunidades começavam a surgir, mas estava a faltar a pontaria ao Dynamo para que Barbosa tivesse trabalho. João Ribeiro, que também havia saltado do banco, deixaria a defensiva azul e branca em sentido pouco depois, ao ficar com o esférico à entrada da área e fazer um belo remate de pé esquerdo, que passou a centímetros do poste! Depois do início promissor do Parecequetamol, o Dynamo Boiev acabou por fechar o primeiro tempo por cima, mas o nulo persistia ao intervalo.

      O ritmo da partida voltou a quebrar com a ida para intervalo e as formações voltavam a mostrar algumas dificuldades em criar ocasiões claras de perigo. Ainda assim, a pausa fez bem à turma da casa que estava a perder o controlo do jogo, mas voltava agora a conseguir ter mais bola. Mesmo assim, a laranja mecânica foi a equipa mais objetiva e testou Barbosa pela primeira vez, depois de António Capoulas ser servido por Vinagre e rematar forte e rasteiro, mas o keeper foi ao tapete agarrar. Num lance muito semelhante àquele registado no início da partida, Honório voltaria a deixar a defensiva laranja em sentido. Desta feita recebeu um bom passe de Diogo Freitas e conduziu até rematar ligeiramente por cima do alvo. A determinada altura, como seria de esperar, o Dynamo viu-se obrigado a subir as linhas, porque só a vitória lhe permitiria ascender ao segundo posto da C1. Esta abordagem mais arriscada tornava o jogo mais incerto, pois tanto tinham mais opções no último terço, como se expunham também a contra-ataques. Era notória a vontade demonstrada pela turma treinada por Diogo Peyssonneau Nunes, no entanto, os pupilos de Afonso Silva estavam extremamente organizados e controlavam muito bem qualquer que fosse a investida do Dynamo. O nulo ficaria perto de ser desfeito num lançamento de Marcelo para a zona do primeiro poste a encontrar Gonçalo Azevedo, que arranjou espaço para um remate para o poste mais distante, mas Mimoso estava atento e afastou o perigo! Pouco mais haveria a assinalar, sendo que o nulo subsistiu até final.

      Assim sendo tudo se mantém igual na C1, com o Parecequetamol a depender apenas de si próprio para garantir um regresso à B. Já o Dynamo Boiev, ao não ter conseguido conquistar os três pontos, mantém-se na terceira posição e precisa de vencer e ver os azuis e brancos perder pontos na derradeira jornada para festejar uma eventual subida de divisão.

      por Henrique Barrosa