Allstars on Facebook

Jogo

Liga B2, 2019-01-07 às 23:00 @ São Miguel

Nota do árbitro: 4

2 - 3

302000

MVP: Luís Martins

Fiorenteta vs Lokomotiv

Experiência verga irreverência!

Duelo intergeracional na Allstars referente à Liga B2. De um lado, a Fiorenteta, que escapou por pouco à despromoção, classificando-se no 8º posto da antecessora Liga B2, e do outro, o Lokomotiv, equipa com muitos anos de Allstars, que no ano passado conseguiu uma brilhante promoção à liga B2 após o terceiro lugar na liga C.

 

O jogo começou a um ritmo electrizante e antes de se poder piscar os olhos já Pedro Rato tinha colocado os Russos na frente do marcador após boa jogada individual e finalização colocada. Na jogada a seguir apareceu Elson Tavares. Primeiro obrigou João Guedes a uma defesa apertada para canto e na jogada a seguir isolou-se, permitindo que o guarda-redes dos Lokomotiv fosse minimizando o dano com mais uma boa defesa para canto. Ainda não se tinham jogado 5 minutos (!!) e Elson aproveitou um livre descaído para a esquerda para aplicar um remate muito colocado fazendo o golo do empate dos Fiorenteta. Que início de jogo! Após o golo do empate, a Fiorenteta parecia querer mandar no jogo e aproveitou a inspiração do seu avançado, que primeiro serviu Rafael Soromenho para um remate que saiu muito perto da baliza e depois, o próprio decidiu assumir a despesa do jogo, num lance em que vem a correr desde meio do seu meio campo, ganhando metros a tudo e todos e ao entrar na área faz uma grande simulação, arrastando a bola com os pitons da chuteira direita para dentro, sentando dois adversários e fuzilando o guarda-redes de pé esquerdo. Show de Elson na primeira parte e ainda nem estávamos a meio. O resultado servia à equipa que estava por cima e por isso o jogo arrefeceu bastante. O Lokomotiv limitava-se a defender sem bola, tendo grandes dificuldades na saída em construção até final do primeiro tempo. A segunda parte trouxe o ritmo morno com que tinha sido acabado o primeiro tempo: a Fiorenteta dominava, mas sem criar grande perigo, talvez devido ao recuo da sua melhor unidade para o meio campo durante alguns minutos. Quando se esperava que o Lokomotiv quebrasse fisicamente, por ter passado o jogo a correr sem bola, algum excesso de confiança da Fiorenteta fez com que se passasse exactamente o contrário. Num primeiro momento, Luís Martins rodou sobre o defesa após pontapé longo do seu guarda-redes e rematou de esquerdo pouco ao lado. Este lance servia de aviso ao que se viria a passar. O 2x2 surgiu após um cruzamento tirado a régua e esquadro na direita por Luís Santos que Luís Martins não teve dificuldade para finalizar de cabeça, não tendo qualquer oposição da defesa. Os Russos acreditavam na vitória e Rato podia ter aumentado o marcador com um grande remate em arco, isto depois de Rafael Soromenho ter desperdiçado boa oportunidade após passe atrasado de Tomás Sousa.  A segunda cambalhota no marcador dá-se instantes depois: num lance infantil um defesa tenta fintar o avançado do Lokomotiv que recuperou a bola, e isolado face ao guarda-redes só teve de escolher um lado, numa espécie de penalty em movimento. Muita classe de Luís Martins a fazer o seu 2º golo, 3º da sua equipa. Até ao final houve mais coração que cabeça da Fiorenteta, que culminou em duas expulsões da sua equipa sendo que Elson, que tinha estado no melhor deste jogo, conseguiu borrar a pintura, deixando os seus colegas numa situação muito apertada, quando já perdiam por 3x2.

  

Excelente vitória para o Lokomotiv, que foi buscar forças onde não sabia existirem para recuperar da desvantagem que sofriam na primeira parte. Do outro lado, má gestão do jogo por parte da Fiorenteta, que após chegar à vantagem parecia ter tudo encaminhado para a primeira vitória no campeonato, algo que veio a deixar escapar.

 

 

Crónica de Afonso Cabral

por Organização Allstars