Allstars on Facebook

Jogo

Divisão Allstars, 2018-10-02 às 21:00 @ CIF

Nota do árbitro: 4

Trocabola vs Los Moustaches

Os 3 pontos ficaram em casa!

Boa vitória do Trocabola sobre os Moustaches, num jogo com muitos golos. A eficácia dos Trocabola acabou por estar mais afinada e venceram o encontro por cinco bolas a duas (5 x 2).

Entrou melhor a equipa visitante com Perdigoto (estrangeiro) que teve duas oportunidades para faturar. Ambos os remates saíram fortes, mas Miguel Canto e Castro (estrangeiro) fez duas grandes defesas e sacudiu sempre a bola para canto. Los Moustaches tiveram outro lance para marcar, desta vez o capitão Frederico Oliveira “Kiko” a bater um livre rasteiro mas a bola a passar ao lado da baliza. Depois destes pequenos sustos, a equipa dos Trocabola acordou e acabaram mesmo por abrir o marcador. Boa jogada individual de Di Pietro, que na ala esquerda deixou um defesa para trás e rematou forte para junto do poste direito. Sem hipóteses para o guardião. Com o golo, a motivação aumentou e fizeram jus ao nome marcando golo com uma boa jogada coletiva. Primeiro foi Francisco Chichorro que libertou para Duarte Teotónio Pereira. Este cruzou rasteiro e João Salgado finalizou de forma fácil. Ao intervalo já venciam de forma confortável os Trocabola.

 

Na segunda metade, entrou novamente melhor a equipa dos Moustaches. Depois de muita confusão na área dos Trocabola, um jogador caí e o árbitro assinala grande penalidade. “Kiko”, o capitão, assumiu a marcação do mesmo e não vacilou apesar do guardião ainda ter adivinhado o lado. Não se intimidou a equipa da casa, e numa grande transição ofensiva acabaram por marcar. Salgado conduziu o ataque, libertou para Lourenço Barradas, que finalizou com o pé esquerdo e abanou novamente as redes dos Moustaches. Lourenço Barradas iria bisar na partida pouco tempo depois. O avançado aproveitou um erro da defesa adversária, a bola foi-lhe parar aos pés e nem teve de se esforçar muito para marcar golo. Do outro lado, não queriam vender barata a derrota e João Viera acabou por reduzir para (4 x 2). Depois de parar um bom remate o guardião acabou por defender para a frente e o avançado só teve de encostar.

 

Já no final da partida, houve tempo para mais um golo. Desta vez, Lourenço Barradas serviu Gonçalo Di Pietro para este bisar na partida e selar a vitória para os Trocabola.

por Pedro Ribeiro